Bélgica

48 horas em Bruxelas: 15 sugestões do que visitar na capital belga

dezembro 04, 2016,1 Comments

Capital da Bélgica, Bruxelas é uma cidade única, considerada pelos países-membros como a capital da União Europeia por aqui se encontrarem as principais instituições europeias. Bruxelas é ainda lar de construções que vão do estilo gótico ao barroco, passando pelas típicas casas de estilo flamengo até aos edifícios art noveau do arquitecto Victor Horta. Paraíso para os amantes da banda desenhada, capital de especialidades gastronómicas como a cerveja, o chocolate e as gaufres, Bruxelas tem ainda assim muito mais a oferecer... Eis aqui o que têm mesmo que visitar (ainda que num curto espaço de tempo!):

grand place


Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Grand Place
Victor Hugo descreveu a Grand Place de Bruxelas como a mais bela praça da Europa e a verdade é que a praça é por si só uma atracção turística, tendo inclusive sido eleita Património Mundial da UNESCO. Esta é o centro geográfico, histórico e comercial de Bruxelas, sendo o local ideal para começar a vossa visita da cidade.



Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Grand Place
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Grand Place
Além das atracções turísticas que podem encontrar na praça, ao longo do ano poderão encontrar diferentes manifestações que aqui se realizam, tais como o tapete de flores que é colocado em Agosto a cada dois anos ou o pinheiro de Natal (que ainda podem ver nas minhas fotos, visto ter visitado Bruxelas em Janeiro).

É nesta praça que se realizavam os mercados ao ar livre (daí o seu nome em neerlandês ser "Grote Markt" ou grande mercado) e no final do século XIV foi aqui construído o hôtel de ville ou Câmara Municipal, ao qual os comerciantes acrescentaram casas numa mistura de diferentes estilos como sedes das guildas. Infelizmente, no final do século XVII bombardeamentos destruíram quase tudo excepto o Hôtel de Ville e algumas das fachadas originais destas casas.

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Grand Place

maison du roi

grand placeADULTOS: 8€

Na praça podem ainda visitar a broodhuis ou maison du roi, cujo nome deriva do século XII onde no local existia um edifício em madeira onde se vendia pão (brood). No século XVI, decidiu-se construir aqui um grande edifício em frente ao Hôtel de Ville para contrapôr este símbolo de poder municipal, edifício o qual ficou conhecido como "a casa do rei", apesar de nunca um rei lá ter vivido. O edifício foi destruído pelos bombardeamentos no século XVII, sendo o actual edificio do final do século XIX. É aqui que encontrarão o musée de la ville de bruxelles ou Museu da Cidade, o qual apresenta artefactos, pinturas e tapeçarias que relatam a história de Bruxelas. Uma sala apresenta ainda cerca de 750 trajes da famosa estátua Manneken Pis.

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Maison du Roi
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Maison du Roi
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Maison du Roi

manneken pis

cruzamento da rue de l'étuve e rue du chêne
Não muito longe da Grand Place vão encontrar o Manneken Pis, uma pequena estátua em bronze de um menino a urinar para a bacia de uma fonte.
Esta fonte começou por desempenhar um papel na distribuição de água potável na cidade, mas, apesar de ter sobrevivido aos bombardeamentos do final do século XVII, acabou por perder a sua função principal no sistema de água da cidade no final do século XIX, tornando-se gradualmente uma imagem-símbolo da cidade de Bruxelas, representando o folclore e a alegria de viver dos habitantes.
As fotografias tiradas à estátua dão normalmente uma sensação errada da sua verdadeira estatura, já que esta famosa estátua apenas tem 55,5cm de altura!
A estátua é vestida com trajes tradicionais várias vezes ao ano em datas precisas (vejam aqui o calendário) e já conta com mais de 900 costumes, na sua maior parte apresentados no Musée de la Ville de Bruxelles.

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Manneken Pis
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Manneken Pis

bourse de bruxelles

Place de la bourse
A Bolsa de Bruxelas, edifício icónico de Bruxelas, foi construída num estilo neoclássico, caracterizado pelo uso de elementos de arquitectura antigos, como pilares coríntios, a cúpula e o frontão (no qual, em baixo-relevo, se pode ler "la Bélgique protégeant l'industrie et le commerce", isto é "a Bélgica, defensora da indústria e do comércio"). 
O Palácio da Bolsa atrai ainda a atenção por dois leões monumentais que ladeiam a entrada para a galeria de colunas, como se guardassem a mesma. Estes leões representam a Nação e são uma versão diferente e original dos tradicionais "touros e ursos" presentes à entrada das bolsas: um, com a cabeça levantada, representa a bolsa em crescimento; o outro, com a cabeça inclinada para trás, representa os mercados em queda.
O Palácio da Bolsa funciona como mercado financeiro, mas se por acaso visitarem Bruxelas saibam que é possível visitá-lo aquando de exposições temporárias, concertos e eventos!

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Bourse, Bolsa
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Bourse, Bolsa

centre belge de la bande dessinée

rue des sables, 20ADULTOS: 10€ 

O Centro Belga da Banda Desenhada foi, sem dúvida alguma, um dos locais que mais gostei de visitar em Bruxelas!
Antes de mais, pelo facto de que este museu estar localizado num majestoso edifício Art Noveau desenhado por Victor Horta! Originalmente um armazém de tecidos, o edifício começou a perder o seu esplendor após a morte do dono em 1920 e esteve para ser demolido até que em 1975 foi reconhecido como monumento protegido, o que não o salvou contudo de estar em ruínas e ser vítima frequente de vandalismo.
Nos anos 80, um grupo de artistas de banda desenhada (incluindo Hergé, o famoso autor de Tintin) reuniram-se com a ideia de restaurar o edifício e o dedicar à história da banda desenhada belga. A ideia viu a luz do dia em 1989 quando o museu foi inaugurado na presença dos reis da Bélgica.
Em mais de 4000m², poderão ver exposições permanentes e temporárias sobre alguns dos mais famosos heróis da banda desenhada belga como Tintin, os Smurfs ou Lucky Luke, tendo ainda acesso a palestras, a um centro de documentação e oficinas criativas! 

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu da Banda Desenhada

cathédrale des saints-michel-et-gudule

Place sainte-gudule

Consagrada como catedral apenas em 1962, a Cathédrale des Saints-Michel-et-Gudule é simbolicamente considerada a primeira igreja da Bélgica por juntar no seu nome o de duas igrejas construídas anteriormente: a primeira dedicada a Saint-Michel, construída no século IX, a qual foi substituída no século XI por uma igreja que recebeu as relíquias de Sainte-Gudule. 
A actual Catedral começou a ser construída no século XIII, tendo recebido alterações ao longo dos séculos pelo que a sua aparência atual é uma mistura de vários estilos arquitectónicos. A sua construção foi diriga pelo arquitecto Jan van Ruysbroeck (responsável igualmente pelo Hôtel de Ville) e as suas torres acabaram por nunca receber a tradicional flecha já que o arquitecto morreu antes de concluir o projecto.
Se a Catedral é bonita vista do exterior, a verdade é que não podem perder a visita ao interior, não só pelos seus magníficos vitrais como também pelas estátuas em madeira que rodeiam o púlpito! Este é sem dúvida um dos monumentos religiosos mais bonitos de Bruxelas!

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Catedral Saint Michel e Gudule
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Catedral Saint Michel e Gudule
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Catedral Saint Michel e Gudule
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Catedral Saint Michel e Gudule
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Catedral Saint Michel e Gudule
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Catedral Saint Michel e Gudule

mont des arts 


Em Bruxelas têm ainda que visitar o Mont des Arts, um complexo urbanístico no topo da colina que se extende entre a Grand Place e o Palácio Real! Esta zona esteve ao abandono até que o Rei Leopoldo II apresentou a ideia de criar uma área completamente dedicada às Artes. A ideia ganhou vida aquando da Exposição Universal de 1910, tendo sido criado um jardim "temporário" que incluía um parque e uma escadaria monumental. O jardim acabou por durar mais tempo que o inicialmente previsto e tornou-se muito apreciado pelos habitantes da cidade que lamentaram a sua consequente demolição nos anos 30. Na década de 50 surgiram de novo planos para esta área com a criação da Biblioteca Real da Bélgica e o Palácio de Congressos, bem como do magnífico jardim geométrico que conhecemos actualmente!
Depois de percorrerem todo o caminho até ao topo do bairro, não deixem de desfrutar uma pausa merecida para admirar aquela que é uma das melhores vistas de Bruxelas: daqui poderão ver claramente a torre do Hôtel de Ville e admirar o fantástico jardim que se extende à vossa frente! Não deixem ainda de visitar o mesmo à noite para o verem iluminado! Além de compensar pela vista, o Mont des Arts é ainda uma magnífica plataforma cultural: aqui poderão encontrar museus, exposições e mesmo galerias de arte!

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Mont des Arts
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Mont des Arts
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Mont des Arts
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Mont des Arts
Mesmo ao lado do jardim vão encontrar o carillon du mont des arts, um carrilhão composto por vinte e quatro sinos e um relógio que se encontra na fachada do Palais de la Dynastie.
Instalado para a Exposição Universal de 1958, o carrilhão foi projectado para transmitir alternadamente duas melodias folclóricas, uma da região de Wallonie, outra da Flandres. No relógio, cada hora é representada por um personagem da história de Bruxelas (não deixem de ver a placa ao pé do carrilhão para descobrir quem é quem).
O carrilhão esteve em restauração durante algum tempo pois tinha deixado de funcionar em consequência do vandalismo de que foi vítima: o mecanismo foi estragado e algumas peças tinham mesmo sido roubadas. Felizmente, já podemos voltar a apreciar esta magnífica obra!

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Mont des Arts
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Mont des Arts
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Mont des Arts

PLACE ROYALE


Continuando a subida pela colina, vão finalmente chegar à imponente place royale. Rectangular e simétrica, a praça segue o modelo das praças reais francesas do estilo Louis XVI. Fechada para o exterior, a praça leva o nome de "real" apesar de nunca um rei aqui ter vivido e assume-se como porta de entrada para a área dos museus de Bruxelas. 
 
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Place Royale
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Place Royale
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Place Royale

coudenberg

place des palais, 7ADULTOS: 7€

É na Place Royale que vão encontrar a entrada para o coudenberg, ou melhor, para aquele que foi durante quase 700 anos o Castelo e Palácio de Coudenberg, residência e sede de poder de condes, duques e arquiduques, imperadores e governadores. Centro de diplomacia e lugar de lazer, o Palácio foi completamente destruído num incêndio acidental em 1731.
Na década de 1770, as ruínas do antigo palácio e muitos edifícios circundantes foram destruídas e niveladas para permitir a criação de um novo local: a Place Royale. As partes do subsolo do antigo palácio são hoje visíveis, resultado de vários anos de escavações arqueológicas, para nosso belo prazer já que este museu subterrâneo é uma surpresa bem agradável! Não deixem de por aqui passar para descobrir este incrível segredo escondido da história de Bruxelas!

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Coudenberg
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Coudenberg
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Coudenberg

old masters museum

rue de la régenceADULTOS: 8€

Os museus reais de belas artes da bélgica são um complexo artístico localizado em Bruxelas que agrupa cerca de vinte mil obras (entre pinturas, esculturas e desenhos) repartidas por seis museus. 
Com tanta escolha, optei por visitar o old masters museum ou Museu de Arte Antiga, cujas colecções incluem obras dos século XV a XVII (isto é, o meu período da História preferido em termos de Arte), com pinturas da antiga Holanda e Flandres, bem como das escolas italiana e francesa. Entre as obras mais famosas estão as dos pintores Rubens e van Dyck, mas acreditem quando vos digo que vão ter que percorrer o museu inteiro porque a selecção e organização de obras é incrível! Vale a pena a visita!

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu Old Masters
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu Old Masters
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu Old Masters
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu Old Masters
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Museu Old Masters

église notre-dame du sablon

RUE DE LA RÉGENCE, 3ADULTOS: 8€

Outro bairro de Bruxelas que vale a pena visitar é o sablon (o qual se encontra dividido em Petit e Grand Sablon), fortemente dominado pela imponente église notre-dame du sablon, igreja a qual se tornou um importante local de procissão quando, segundo a lenda, uma imagem milagrosa da Virgem foi para aqui trazida de Antuérpia em 1348.
Este bairro antigo acabou por ser remodelado no século XIX, tendo sido abertas novas ruas para ligar a Place Royale ao Palais de Justice.

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Igreja Notre Dame Sablon
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Igreja Notre Dame Sablon
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Igreja Notre Dame Sablon

place du petit sablon


No meio da place du petit sablon encontra-se um jardim que data do final do século XIX. O jardim encontra-se murado por quarenta e oito esculturas em bronze que representam profissões tradicionais (como talhante, barbeiro, armeiro, bordadeira, barqueiro,...), esculturas as quais foram contribuição de artistas da época para embelezar a cidade.

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Petit Sablon
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Petit Sablon
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Petit Sablon

palais de justice

place poelaert, 1
Um dos edifícios mais imponentes de Bruxelas é, sem dúvida, o Palácio de Justiça, construído para integrar todos os serviços jurídicos com sede em Bruxelas. O Palácio, com 26000m² (maior que a Basílica São Pedro), foi na altura da sua construção no século XIX o maior edifício da Europa.
Com um estilo eclético, este edifício colossal tem inspiração clássica, com características das arquitecturas egípcia e assírio-babilónica.
O Palácio de Justiça encontra-se há algum tempo em obras de renovação (bem necessárias, aliás), mas é possível visitar gratuitamente parte do interior do mesmo!

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Palais de Justice
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Palais de Justice
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Palais de Justice

quartier européen


O Quartier Européen é a zona situada a leste do centro de Bruxelas conhecida por incluir grandes espaços públicos e em especial por aglomerar as sedes de instituições europeias como a comissão europeia, o conselho da união europeia ou o comité económico e social
Infelizmente, dada a minha curta estadia, apenas pude ver o exterior destes edifícios, mas saibam que existe a possibilidade de agendar visitas às instituições europeias.

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Quartier Européen
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Quartier Européen
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Quartier Européen
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Quartier Européen
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Quartier Européen
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Quartier Européen
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Quartier Européen

parc du cinquantenaire


No Quartier Européen fica ainda o parc du cinquantenaire, criado para a Exposição Nacional de 1880 que celebrou o quinquagésimo aniversário da independência da Bélgica (daí o seu nome). O parque abrange 30 hectares de jardins e inclui alguns museus tais como o Museu de Arte e de História, o Museu da Aviação ou o Museu do Automóvel. Não deixem de ver o símbolo emblemático do parque, o seu Arco do Triumfo!

Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Parc du Cinquantenaire
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Parc du Cinquantenaire
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Parc du Cinquantenaire
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Parc du Cinquantenaire
Drawing Dreaming - 48 horas em Bruxelas - o que fazer - Parc du Cinquantenaire

ALGUMA VEZ visitaram bruxelas? o que gostariam de ver na capital belga?

GOSTAS DESTE ARTIGO? GUARDA-O NO PINTEREST!


Drawing Dreaming - O que visitar em Bruxelas em dois dias

A ler também...

1 comentário: