França

Menos de 24 horas em Le Mans, a lendária cidade das corridas de automóveis

janeiro 16, 2017,0 Comments

Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Catedral Saint Julien
Le Mans, cidade francesa na região da Sarthe, é especialmente conhecida pela sua lendária corrida, as 24h de Le Mans, a qual é disputada desde 1923 com circuitos não só para carros como também para camiões e motos. 
Ainda assim, Le Mans é mais do a paixão pelos automóveis e tem muito a oferecer! A 250km de Paris (mas a menos de 1h de TGV), Le Mans é ainda conhecida por ser uma antiga colónia galo-romana que abriga um muro que cerca a cidade velha, um centro histórico bem preservado com uma catedral imponente, ruelas medievais e uma paixão pelas suas famosas rillettes (um tipo de patê de porco de consistência fibrosa muito saboroso).



O QUE FAZER EM le mans...
Aproveitem a óptima rede de elétrico em Le Mans (que cobre um percurso de 15km e conta com 29 estações) para visitar esta cidade!

1. visitar o museu das 24h 

(e o circuito)

place luigi chinetti, 9adultos: 8.5€

Como não podia deixar de ser, a visita de Le Mans tem que começar pela descoberta do lado mais conhecido da cidade, isto é, o seu santuário automóvel!

Saibam que podem visitar o famoso circuito das 24h de Le Mans, mas apenas o aconselho se forem realmente fanáticos da corrida. As visitas são a partir de 3.5€ (para uma visita livre), mas pessoalmente tive uma experiência negativa: os funcionários eram pouco atenciosos, deram-me informações erradas (e a brochura que fornecem é na realidade um mapa muito pouco detalhado) e, talvez dada a altura do ano, a maior parte das áreas do circuito a visitar estavam fechadas. Em suma, uma desilusão.

Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
o circuito das 24h de le mans

Para mim, a verdadeira estrela aqui é mesmo o Museu das 24h, uma ode à corrida que todos os anos em Junho reúne milhares para ver equipas e pilotos de todo o mundo naquela que é a mais famosa corrida de resistência!
Localizado mesmo ao lado do lendário circuito Bugatti, este museu criado em 1961 e renovado em 2009, oferece aos visitantes uma verdadeira viagem no tempo sob o tema das corridas e da história do automóvel! O circuito pelo museu começa logo por um longo corredor escuro e a verdade é que até quem não é fã da corrida (como eu) poderia jurar ouvir o rugido dos motores que ecoam pelas paredes já que as únicas luzes presentes neste túnel vêm mesmo da exposição das lendas de Le Mans e dos seus pertences pessoais. De seguida, entra-se na área de exposição do museu, na qual a história da corrida é apresentada de forma cronológica: em primeiro plano, uma colecção de carros das décadas românticas de 1920, 1930 e 1940 incrivelmente bem preservados; depois de um lanço de escadas, os carros de corrida mais modernos, que incluem não só protótipos de teste como 11 dos carros vencedores da lendária corrida!
Ao todo, são cerca de 120 veículos espalhados por mais de 5000m2 que incluem ainda modelos, objectos, vídeos, troféus e bastante informação sobre as 24h de Le Mans!

Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu e Circuito das 24 horas

2. ver as marcas deixadas pelos pilotos

PLACE saint-nicolas

Aproveitem para ir até ao centro da cidade e deambular pelo bairro pedestre de Saint-Nicolas, no qual poderão encontrar vários tipos de lojas desde sapatarias, lojas de roupa, chocolatarias, restaurantes e até mesmo lojas de comida (foi numa destas lojas que comprei as famosas rillettes para provar!).
No centro do bairro, na Place Saint-Nicolas, irão encontrar estranhas placas em bronze no chão: trata-se de uma homenagem feita desde 1991 pela cidade de Le Mans aos vencedores da sua famosa corrida! A cada ano, após a corrida, os pilotos vencedores são convidados a deixar a sua marca em gesso. Estas impressões são depois moldadas em bronze durante a pesagem dos carros e de seguida coladas numa placa moldada como a roda de um carro (que contém igualmente a assinatura do piloto e o ano da vitória), para depois virem a ser seladas nos passeios das ruas do bairro Saint-Nicolas!

Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Place Saint-Nicolas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Place Saint-Nicolas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Place Saint-Nicolas
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Place Saint-Nicolas

3. VISITAR A CITÉ PLANTAGENêT OU O ANTIGO LE MANS


O nome Cité Plantagenêt foi atribuído ao antigo Le Mans desde 2003, com o objectivo de afirmar a identidade daquela que é rotulada como "cidade de arte e história". Candidata a Património Mundial da Humanidade, Le Mans conta com um património arquitectónico que vale a pena visitar: as muralhas romanas, a catedral e o seu menir, as centenas de casas de madeira, as ruas de calçada... 
Envolvendo a preservada e restaurada parte antiga de Le Mans encontra-se um muro romano do final do século III que defendeu a cidade em várias ocasiões (incluindo na Guerra dos Cem Anos) e que se encontra entre as muralhas mais bem preservadas do Império Romano, juntamente com as de Istambul. Esta muralha deu inclusivamente nome à cidade romana de Le Mans: Vindunum ou cidade vermelha, em referência à cor dos seus muros.

Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt
Aproveitem para passear pela cidade velha, um labirinto de ruas e becos com pequenas praças e casas de pedra e madeira de diferentes cores. Entrem nas pequenas lojas de antiguidades e porcelanas e, se tiverem tempo e quiserem descobrir mais sobre a cidade romana, não deixem de passar pelo CARRÉ PLANTAGENÊT, o museu de arqueologia e história da região que através das suas colecções conta a história de Le Mans e do seu território, desde as principais ocupações humanas na época pré-histórica à formação da cidade no século XV com a concessão de uma foral por Louis XI.

Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Cité Plantagenêt

4. admirar uma das maiores catedrais de frança 

PLACE saint-michelcarré plantagenet: 5€

A visita do centro histórico não poderia estar completa sem uma visita à Catedral Saint Julien, a qual é considerada um dos mais belos edifícios religiosos de França pela sua mistura arquitectónica dos estilos gótico e românico!
Construída entre os séculos XI e XV numa fusão de pedra, calcário e vidro, esta é uma das maiores catedrais de França, com uns impressionantes 134m de comprimento!
No exterior da catedral podem ainda apreciar um menir de arenito de cerca de cinco metros que remonta a tempos pré-históricos e que foi instalado na Place Saint-Michel, ao lado da catedral.
A Catedral impressiona não só pela sua grandeza mas também por ser carregar muita história dentro das suas paredes: foi aqui que Henry II de Inglaterra foi Baptizado e é nesta catedral que se encontra sepultada Bérangère, esposa de Ricardo Coração de Leão.
Se o exterior capta a nossa atenção, o interior não desilude. A Catedral Saint-Julien possui, juntamente com Notre-Dame de Chartres, uma das melhores colecções de vitrais medievais, incluindo o célebre vitral da Ascensão (localizado no lado inferior esquerdo da nave), o qual remonta ao século XI, sendo assim o mais antigo vitral ainda presente num edifício religioso. Não deixem ainda de admirar o fresco do século XIV recentemente restaurado que retrata 47 anjos com instrumentos musicais.

Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Catedral Saint Julien
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Catedral Saint Julien
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Catedral Saint Julien
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Catedral Saint Julien
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Catedral Saint Julien
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Catedral Saint Julien
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Catedral Saint Julien
O VITRAL DA ASCENSÃO

5. Visitar o museu de tessé

avenue de paderborn, 2ADULTOS: 5€

Bem perto da catedral vão encontrar o Museu de Tessé, o qual contém colecções de pinturas italianas, flamengas, holandesas e francesas dos séculos XV a XIX, bem como mobiliário, esculturas e objectos de arte. Este museu de arte distingue-se pela existência de uma galeria subterrânea dedicada ao Egipto faraónico onde são apresentadas reconstruções dos túmulos da rainha Nefertari, esposa de Ramsès II e de Sennefer, presidente de Tebas, bem como mais de 130 objectos, incluindo quatro sarcófagos e um barco.

Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu de Tessé
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu de Tessé
Drawing Dreaming - visitar Le Mans - Museu de Tessé
confesso que de le mans apenas conhecia a sua corrida de automóveis, mas acabei por descobrir muito mais! já conheciam esta cidade francesa?


GOSTAS DESTE ARTIGO? GUARDA-O NO PINTEREST!


Drawing Dreaming - Le Mans: o que visitar num dia

A ler também...

0 comentários: